Fotógrafo cego em campanha da ADD

Para combater o preconceito e passar a mensagem de que os deficientes são capazes de superar eventuais limitações, a ADD – Associação Desportiva para Deficientes, convidou Teco Barbero, um fotógrafo profissional cego, para produzir as fotos de sua nova campanha institucional, afinal, atitude é melhor que discurso.  Segundo Teco Barbero, a fotografia pode ser uma ação mental além da visão, é uma maneira de o cego ser inserido no meio social.

“O fato de a fotografia estar enquadrada ou não, isso é o que menos importa, pois é através da foto que o cego passa sua visão de mundo para as outras pessoas”.

Teco Barbero, de 28 anos, é formado em jornalismo pela Universidade de Sorocaba. Deficiente visual, tirou sua primeira foto aos 16 anos, numa viagem para a Suíça. “Foi só porque meu pai reclamou que ele não iria aparecer em nenhuma foto da viagem”. Voltou a fotografar aos 21, quando participou de um curso de fotografia para cegos idealizado pelo documentarista Werinton Kermes. Lá, aprendeu a fotografar usando o próprio corpo. O fotógrafo afirma que o cego precisa de uma bengala para se guiar, mas que, ao utilizar uma câmera, essa bengala guia é substituída por uma imagem, uma visão individual do mundo percebido por eles. 

Você pode assistir ao vídeo da campanha no link: www.youtube.com/user/ADDBrasil#p/u/5/TKy_C82gKFs

Equipe BlogDorina – blog@fundacaodorina.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s